quinta-feira, 20 de dezembro de 2007

caixas de bombons

3 comentários:

romi disse...

É assim mesmo: tudo ao molho e fé em Deus

Anónimo disse...

O facto de haver tão poucos comentários resulta de a obra ter muita diversidade o que baralha o espírito dos comentadores que não perceberam que aí é que está a sua beleza.

romi disse...

Concordo com o anónimo. Esta mania do tudo ao monte, não favorece a obra de arte, no seu carácter único e individual.